29 de nov de 2010



Queridos,
essa semana está bem corrida, mas não poderia deixar de expressar aqui a minha alegria e gratidão ao Senhor e com isso inspirar vocês e encorajar vocês a prosseguir em seus sonhos, a serem incessantes em suas orações, suas buscas porque o nosso Deus faz além do que esperamos, ele sempre nos surpreende. 
Recebi agora a pouco algumas músicas  do cd novo, mixadas, e cada vez que ouço elas sinto o cuidado e a fidelidade do Senhor em minha vida. Eu posso afirmar que esse novo trabalho é um milagre, foi gerado de milagre e realizado por um milagre. A bondade do nosso Pai dura para sempre queridos,as suas palavras são fiéis e verdadeiras. Ele é o mesmo ontem, hoje e eternamente. Se falta fé nessa hora receba uma nova porção de confiança, se falta alegria, receba nessa hora uma brisa suave que levará todas as amarguras e cansaço espiritual embora, se falta amor, sinta-se amado porque o nosso Deus é o próprio amor, se falta esperança, eu profetizo que seus olhos se desviem da derrota e se inclinem para a vitória.
Aleluia! Louvado seja aquilo que nos escolheu primeiro, que nos separou, nos elegeu, que nos amou, que nos fez ser algo a mais. A ele toda a glória para sempre, a Ele a nossa oração, a nossa vida, tudo o que temos, tudo o que somos. Tudo vem Dele e volta para Ele. Experimente nesse momento, ainda que por alguns segundos, a falar com Jesus, a se expressar pro Senhor, diga algo, aquilo que essas simples palavras geraram em teu coração, coloca pra Ele, fala pra Ele porque os seus ouvidos inclinados estão...
Tenhamos a cada dia um tempo de comunhão com o Senhor, ele espera por nós!


21 de nov de 2010


Olá queridos,

A semana passada foi corrida e acabei não conseguindo postar nada mas aqui estou novamente (risos).
Estava aqui pensando que as coisas de Deus são simples, nós é que complicamos. Nossa batalha interior, nossa dificuldade de compreender nosso lugar no Reino e o conflito de ter que se humilhar diante do poder de Deus muitas vezes são barreiras que nós permitirmos em nossa vida, nos afastando das conquistas. Quanto mais crescemos, quanto mais adquirimos e ganhamos reconhecimento humano, maior o risco de nos perdermos do propósito e vontade do Senhor pra nós. Vemos um personagem nas escrituras que nos faz pensar um pouco sobre essa questão. Naamã, um homem poderoso,rei, acostumado com  o melhor das coisas, o conforto, o respeito dos homens, de repente doente e dependente de uma cura para viver um pouco mais. Diante do profeta Eliseu seu ego é ferido e seu orgulho provado. O profeta dá a ele uma direção vindo de Deus, mergulhar do Rio Jordão 7 vezes e então seria curado da lepra. Simples e fácil. Mas Naamã já não gostou de ser tratado como uma pessoa normal, afinal era um rei, e  mergulhar num rio cheio de lama, isso foi um absurdo para ele. Tantos rios melhores para se escolher porque justamente um pequeno e barrento? Seria humilhante demais. Para alguém de uma posição inferior até serviria mas pra ele jamais, pensava Naamã. 
Quantas vezes queremos uma vitória, estamos numa condição que não nos permite reclamar de nada, apenas aceitar a última saída que nos resta e mesmo assim queremos o agir do Senhor da nossa maneira. Sempre menciono isso e repito, o Senhor não tem fórmulas prontas, não age como nós projetamos em nossa mente, Ele é um Deus de uma multiforme sabedoria, Ele sabe o que precisamos e como precisamos ser tratados e preparados para receber a benção. Não apenas o corpo físico de Naamã precisaria descer às àguas mas também seu orgulho. Apesar da resistência o rei fez o que Eliseu ordenou e saiu totalmente curado, quem sabe sujo das àguas mas limpo da enfermidade. Quando o Senhor faz um milagre Ele não se limita apenas no nosso foco, mas trabalha vários outros aspectos, elementos e áreas que desconhecemos ou que não vemos necessidade de um mover sobrenatural.  Ele forja o nosso caráter e lapida nossa vida para que resplandeça o seu brilho em nós.Deus não trabalha com partes, Ele transforma o todo, completa a boa obra. Que possamos entender que os caminhos do Senhor são melhores que os nossos.Quanto mais diminuimos, mais Ele cresce em nós e mais crescemos em sua presença.

Para leitura completa da história (Esdras 5)

DaY

11 de nov de 2010

Bom dia queridos,

Hoje acordei meio atrapalhada, acho que foi por abrir os olhos e muito rapidamente começar a fazer as coisas, não deu tempo de processar as tarefas (risos).

A pouco eu estava orando e a oração é algo interessante, as vezes você abre a boca e imediatamente você sente aquela presença maravilhosa do Senhor, fica simples e fácil, mas em outros momentos você vai aos poucos, como se fosse despertando algo no reino espiritual e de repente de palavra em palava o ambiente vai sendo modificado e quando percebemos já estamos tomados pelo prazer de falar com o Pai. E foi assim que hoje aconteceu, fui orar já pensando no que eu iria fazer em seguida, e de repente fui intercedendo por um, lembrando de outro e quando me dei conta eu já estava dando "rajadas" andando pra lá e pra cá com clamores em meus lábios. Que delícia, que bom termos um intercessor, que lindo termos um Deus que nos surpreende, sempre! 
E a palavra que veio ao meu coração neste dia é : RESTITUIREI OS ANOS QUE FORAM CONSUMIDOS. ( Joel 2:23 a 27)
Eu quero reforçar algo que tanto se fala, tanto se ouve e pouco desce ao coração, nós servimos um Deus que nao tarda nem falha. O Senhor ele tem prazer em nos abençoar, ele não só faz novas todas as coisas como restitui o que perdemos. Pode o sol se esconder, pode o mar se fechar, mas  HEIII !! É Ele quem tem o controle de todas as coisas! Ele move céus e terra por nós, transporta os montes se preciso for, para Ele não tem palavra humana que impeça o seu agir, nem fuso horário, nem poder político, NADA, agindo o Senhor NINGUÉM impedirá. Mas desçamos um pouco mais, sim, diminuamos mais, nos rendamos mais. É preciso reconhecer o nosso lugar, a nossa pequenez, entender definitivamente que entre homens, dinheiro, poder, status, títulos valem alguma coisa, mas diante dele queridos isso é nada, não altera, não traz benefício porque não é isso que O atrai, não é isso que toca o coração do nosso Pai. Entre humanos vale a troca, vale a negociação, mas vamos parar de achar que com o Senhor é assim, um jogo de interesses. NÃO! É muito egoísmo, é muita busca pelo que nós queremos, pelo que nós precisamos, pelo que nós achamos que é melhor, é a nossa saúde, é o nosso ministério, é a nossa igreja, é o carro que nós queremos, é isso e aquilo...é jejum pra ter sucesso pessoal e não pra matar a carne, é campanha pra adquirir bençãos materiais, cadê o amor por Ele ? Onde fica a busca pela face Dele, pela sua presença? Tudo muda quando nós mudamos, o foco é outro, é Reino. Lembram? Buscai primeiro o Reino e e e as demais, então vocês já sabem. Os valores se inverteram, a Palavra está sendo adaptada pela igreja e não a igreja se adpatando, se moldando conforme a Palavra.
O Senhor vai restituir, antes, " rasgai os vossos corações .." Joel 2:13
Eu profetizo em nome de Jesus um derramamento de bençãos sobre suas vidas.

Deus os abençoe
DaY

9 de nov de 2010


QUAL O TAMANHO DA 
TUA PORÇÃO?


"E uma mulher, das mulheres dos filhos dos profetas, clamou a Eliseu, dizendo: Meu marido, teu servo, morreu; e tu sabes que o teu servo temia ao SENHOR; e veio o credor, para levar os meus dois filhos para serem servos. E Eliseu lhe disse: Que te hei de fazer? Dize-me que é o que tens em casa. E ela disse: Tua serva não tem nada em casa, senão uma botija de azeite. Então disse ele: Vai, pede emprestadas, de todos os teus vizinhos, vasilhas vazias, não poucas. Então entra, e fecha a porta sobre ti, e sobre teus filhos, e deita o azeite em todas aquelas vasilhas, e põe à parte a que estiver cheia. Partiu, pois, dele, e fechou a porta sobre si e sobre seus filhos; e eles lhe traziam as vasilhas, e ela as enchia. E sucedeu que, cheias que foram as vasilhas, disse a seu filho: Traze-me ainda uma vasilha. Porém ele lhe disse: Não há mais vasilha alguma. Então o azeite parou. Então veio ela, e o fez saber ao homem de Deus; e disse ele: Vai, vende o azeite, e paga a tua dívida; e tu e teus filhos vivei do resto."
2 Reis 4:1 ao 7

O cerne da vida cristã é a fé. Nós servimos a Deus pela fé e alcançamos muitas das coisas  que Deus pode e deseja nos dar por ela.  Mas a bíblia é repleta de exemplos de atitudes e palavra de fé, os quais nos encorajam e nos motivam a continuar crendo.
Porém, é fato que na nossa caminhada somos abatidos por alguma situação e dependendo de como estiver nossa comunhão com o Senhor, nossa fé pode sofrer danos e até mesmo nos paralisar. Uma enfermidade, uma palavra, a incredulidade, os problemas financeiros, a espera de uma resposta , família.São muitos os meios que tentam sugar a nossa confiança em Deus.
Eu não sei se esta viúva andava se questionando sobre sua situação mas nós vemos ela tomando uma posição, ela vai e clama ao profeta Eliseu. Ela não se isola, nem guarda seus problemas a 7 chaves, como quem diz : "Aqui ninguém meche!" Não! Ela vai à procura de ajuda e procura pela pessoa certa, por um homem de Deus. Houve uma disposição em seu coração, ela buscou socorro.


É PRECISO TER UMA DISPOSIÇÃO EM NOSSO CORAÇÃO – 

Quando meu esposo, na época noivo, 4 meses antes do nosso casamento me disse que havia uma possibilidade dele estar com câncer, de primeiro momento sem entender eu disse: Isso não pode estar acontecendo, eu não aceito, temos uma vida de comunhão com o Senhor e perto de realizarmos um sonho vem essa enfermidade? Mas sempre houve uma disposição em meu coração de viver a perfeita, boa e agradável vontade de Deus em minha vida e por mais que aquele notícia tivesse caído como uma bomba pra nós, eu sabia que o Senhor estava no controle de todas as coisas. E por isso não me entreguei àquele problema, mas tentei ver os sinais de Deus nele.
A viúva também não se entregou, ela buscou ajuda, não chegou a dar seus filhos como escravos para pagar seus débitos antes de tentar uma última quem sabe chance de se salvar e salvar aos seus filhos. 

“A esperança adiada desfalece o coração, mas o desejo atendido é árvore de vida.” Pv 13:12


NÃO DEVEMOS NOS ENTREGAR DIANTE DOS PROBLEMAS –  “precisamos ter esperança Nele”

Antes mesmo de termos a certeza de que Júlio estava com câncer, nós nos posicionamos. Buscamos o socorro do alto, muita oração, muito jejum. Procuramos o povo de Deus para se unir a nós na peleja. No dia do aniversário do Júlio, eu fui com ele pegar o resultado da biópsia e então foi confirmada a doença e ouvimos palavras difíceis do médico. Mas ao sairmos do consultório entrando no carro, ao invés de olharmos um para o outro dizendo: “precisamos adiar nosso casamento”, nós continuamos crendo no poder daquele que já havia feito tantas coisas em nossas vidas e ainda faria muito mais.


  PRECISAMOS SER SINCEROS– admitir nossa situação não significa humilhação nem derrota

Ao ouvir a viúva, o profeta perguntou o que ela tinha em casa.  E ela foi sincera, disse que não tinha nada senão uma botija de azeite. Tudo o que temos, tudo o que confiamos ao Senhor trará a medida que necessitamos. O profeta deu uma direção a mulher, verso 3 e ela não hesitou, nem questionou mas obedeceu.
A voz de comando do Senhor a nós quando começou o tratamento de quimioterapia do Júlio foi: Confiem e obedeçam.  E nós assim fizemos, eu não ouvi durante todo o processo o Julio reclamar uma só vez.
Precisamos confiar em Jesus, entregar nossas emoções, nossas fraquezas a Ele, entregar nossa vida, nossa família, nossos bens, nossa porção a Ele.  

PRECISAMOS CONFIAR – ter fé

A viúva confiou e obedeceu , recolheu os vasos o quanto pode e foi enchendo cada um deles. Entregou o pouco que tinha e o pouco junto à fé e obediência foi se tornando muito.
A medida em que íamos crendo e descansando no Senhor os seu sinais de cuidado na vida do meu esposo foram se tornando cada vez mais nítidos. E o problema foi reduzido , o sofrimento foi reduzido e a vitória foi conquistada.

Entregue a tua porção ao Senhor, ainda que seja tão pouco. Ele fará tua vida transbordar!
Deus te abençoe

DaY

8 de nov de 2010


"..tudo o que o homem semear, isso também ceifará.." Gálatas 6:7

Há um ditado popular que diz: "aqui se planta, aqui se colhe". E certamente nunca cai muito bem nos ouvidos de quem ouve principalmente daqueles que tem uma visão romântica da vida. Mas nesse ditado há uma verdade com fundamento bíblico, que é a lei da semeadura. Se analisarmos a trajetória de uma pessoa que já viveu um tempo considerável, de experiências, poderemos pontuar fatos e consequências, boas e más. O nosso Senhor é um Deus de amor, assim como um Deus de justiça. Ainda que tenhamos recebido seu perdão e tenha Ele feito novas todas as coisas em nossa vida, há consequências que nos acompanharam por um tempo e que teremos que aprender a lidar com o auxílio de Jesus pois o passado ainda que apagado deixa marcas, mesmo elas não doendo mais. Isso não cabe apenas a quem se convertem a Deus, mas à todos que constróem uma história. Um jovem que não se cuida e engravida uma moça solteira, por mais que ele tente reparar o descuido, aquela criança é real, ela chegará. Uma pessoa que bebeu por anos e anos e de repente se converte, ou que usou drogas, muitas vezes mesmo com o Senhor ela precisará dar uma atenção especial vigiando nessa área que um dia foi sua maior fraqueza. Se magoamos muito alguém, fizemos uma pessoa sofrer enquanto éramos ímpios, e depois descobrimos o amor do Pai, a mágoa nessa pessoa permanece, e será um trabalhar, um tempo de perdão necessário. As coisas não acontecem num passe de mágica, há coisas que são nossa responsabilidade e precisamos entender isso parando de jogar toda a responsabilidade para o Senhor. Ele é poderoso sim para fazer mudanças num piscar de olhos, mas que aprendizado, que maturidade nós iríamos adquirir, que compreensão da vida teríamos? Ele nos ajuda, Ele age, mas precisamos crescer.
Muito mais andando com Jesus devemos cuidar com as sementes que temos lançado. Será que temos plantado amor? Será que temos plantado testemunho de vida? De caráter? Será que tem sido sementes que marcam solos? Pensemos nesse dia, quais os frutos que teremos chance de colher com o que já foi semeado. Se plantarmos sementes na carne, nossa carne será beneficiada, mas se se lançarmos sementes no espírito, nosso bem será maior. Somos como árvores, reconhecidos pelos frutos. 
Queridos, hoje o dia será bem corrido mas parei uns minutos pra escrever, assim que der escrevo com mais calma. Mas que essa pequena reflexão inspire você a lançar boas sementes.
Deus os abençoe
DaY