3 de fev de 2014


Queridos, Eritreia precisa da nossa intercessão. Cumpra o "Ide" também através das suas intercessões! Que a graça do Eterno através do nosso clamor,  seja abundante sobre esta nação, sobre aqueles que estão pagando um alto preço por estar exercendo o chamado. 

Oremos pelo Eritreia

Todas as igrejas evangélicas estão fechadas desde uma lei em 2002. Mais de 2.800 cristãos estão na prisão, e seus familiares não têm notícias deles há meses e anos

A Igreja e a Perseguição Religiosa

A Igreja
O cristianismo chegou ao país em 34 d.C., através de um tesoureiro do reino de Sabá, mas foi difundido com mais eficiência e rapidez no século IV d.C. O cristianismo ortodoxo (Tewahdo) é o mais praticado pelos eritreus: outros grupos cristãos, como católicos e protestantes, só chegaram ao país após 1890 com o domínio italiano. Os cristãos são basicamente ortodoxos e quase inteiramente da etnia tigrínia. As igrejas evangélicas estão crescendo, mas são limitadas em recursos para treinamento e evangelismo.
O governo exige que os grupos religiosos se registrem, mas não aprova nenhum registro, desde 2002, além dos quatro principais grupos religiosos: a Igreja Ortodoxa da Eritreia, a Igreja (luterana) Evangélica da Eritreia, o Islã e a Igreja Católica Romana. Os demais grupos religiosos não têm permissão para se reunir ou atuar livremente no país e quando o fazem são perseguidos.
A perseguição
Os cristãos estão sofrendo a pior perseguição de toda a história da Eritreia.
A Constituição de 1997 prevê liberdade religiosa, no entanto, ela ainda não foi implementada. Assim, não é permitida a distribuição de Bíblias no Exército e nas escolas. Desde setembro de 2001, foi suspensa definitivamente toda impressão de materiais religiosos (papéis e livros devocionais ou particulares etc.).
Desde maio de 2002, todas as igrejas evangélicas estão fechadas por ordem do governo e precisam de autorização para funcionar. A prática de prender aqueles que se reúnem ou exercem qualquer outra atividade religiosa sem a autorização do governo já causou a prisão de mais de dois mil cristãos. Eles são mantidos em condições desumanas, presos em contêineres de metal ou em celas subterrâneas.
Os evangélicos não têm personalidade jurídica e, até agora, os registros para suas igrejas não foram concedidos. Atualmente, a igreja evangélica reúne-se ilegalmente nas casas. O governo controla as escolas que eram cristãs e reluta em registrar outras. Em 2002, o governo do presidente Isaías Afworki fechou as 12 igrejas protestantes independentes da Eritreia, proibindo suas congregações de se reunir até mesmo em casas. Desde então, pastores, soldados, mulheres, adolescentes, crianças e idosos foram presos quando surpreendidos em uma reunião, lendo a Bíblia e orando em grupos. O estado reconhece somente quatro instituições religiosas “históricas” no país, a saber: o islamismo e as igrejas ortodoxa, católica e luterana evangélica.
Dois líderes-chave da Igreja do Evangelho Pleno, uma das maiores denominações pentecostais da Eritreia, foram presos às seis horas da manhã de 23 de maio de 2004, em suas casas, em Asmara. Durante as detenções, os policiais confiscaram as chaves dos gabinetes pastorais, ameaçando verbalmente suas esposas. Haile Naizgi, que exerce o cargo de  presidente da Igreja do Evangelho Pleno e o Dr. Kifle Gebremeskel, como presidente da Aliança Evangélica na Eritreia, estão presos em Asmara sem nenhum contato com suas famílias ou visitantes.
Na mesma época, uma cantora cristã eritreia também foi presa, em uma operação do Ministério da Defesa, apesar de ter cumprido seu serviço militar e nacional obrigatório. Helen Berhane era membro da Igreja Rema e havia lançado um CD que se tornara popular entre os jovens. Ela não atendeu às exigências: assinar um documento renegando sua fé em Cristo, prometendo não cantar mais, não compartilhar sua fé em Cristo e não realizar quaisquer atividades cristãs na Eritreia. Por isso, Helen ficou presa até o início de 2007. Ela saiu do país clandestinamente naquele ano e conseguiu asilo na Dinamarca, onde mora com sua filha.

Há mais de uma década, a Eritreia declarou que todos os grupos cristãos que não pertencessem às igrejas oficiais do governo não podiam funcionar de maneira nenhuma. Até o momento, o governo aprisionou milhares de cristãos. Muitos deles ainda permanecem sob custódia, sem nunca terem ido a julgamento para definir sua situação. Estima-se que 16 pessoas morreram este ano nas prisões, devido a doenças, tortura e desnutrição.

Algumas informações:


Intitulada oficialmente de Estado da Eritreia, este pais fica em uma região conhecida como Chifre da África. Este país faz fronteira com outros três, sendo eles a Etiópia (ao sul), o Sudão (ao oeste) e Djibuti (ao sudeste). Além disso, possui contatos diretos com o Lémen e a Arábia Saudita. O país possui saída para o mar, sendo banhado pelo Mar Vermelho.
Não se trata de um país de grandes extensões, com aproximadamente 118.000 km² de tamanho e mais ou menos 5 milhões de habitantes. Entretanto apesar de não ser muito populosa a Eritreia ocupa uma posição, geográfica, de suma importância, visto que se localiza entre o oceano Índico e o Canal de Suez. A capital da Eritréia se chama Asmara. 
Criado pela Itália em 1° de janeiro do ano de 1890, a Eritreia continuou sendo ocupada por este país até o ano de 1941. Mais tarde, após a retirada do domínio italiano, a Eritreia passou então a ser dominada pelos britânicos, de 1941 até o ano de 1952. Só em 1952 é que a Organização das Nações Unidas (ONU), reconheceu a sua autonomia. A partir de então a Eritreia se filiou a Etiópia, a independência do país viria só mais tarde, no ano de 1993, no dia 24 de março.
Um marco histórico neste país foi à guerra dos 30 anos, onde por mais de três décadas a Eritreia esteve em combate com a Etiópia. O país ficou em ruínas. Com mais de 100 mil mortos e aproximadamente 350 mil refugiados. A luta era por áreas de fronteira. No ano de 200 finalmente um acordo de paz fora assinado entre os dois países.
Atualmente o grande problema enfrentado pelo país é a irregularidade das chuvas e as sequelas que ainda ficaram da guerra. Boa parte da população, cerca de 80%, vive da agricultura de subsistência. Na capital, Asmara, há algumas indústrias, voltadas para a produção de alimentos, artigos de couro e fabricação têxtil. Por causa do baixo índice de alfabetismo, há ausência de mão de obra qualificada. Assim, boa parte da população vive bem abaixo da linha de pobreza. 
DADOS PRINCIPAIS:
Nome Oficial: República da Eritréia
Capital de Eritréia: Asmará
Área: 117.600 km² (100º maior)
População: 4.401.000 (2005)
Idiomas Oficiais: inglês, árabe, tigrina, tigre, saho, afar, edareb, cunama, nara.

Fontes: Internet/Site da Lagoinha

27 de jan de 2014

2014

Hello! Graça e paz.
Fiquei um bom tempo ausente por aqui e confesso que senti saudades. Assim que meu filho Noah Davi nasceu o ritmo ficou mais intenso rs, mas estou retornando. Espero poder edificar sua vida semanalmente e por isso conto com sua visita no blog. 
Fique à vontade, a casa é sua. Um grande abraço, Deus te abençoe.

VIVENDO O PROPÓSITO
Você sabia que Deus tem propósitos para sua vida?
E o que Ele tem pra você, não é pra mim nem pra qualquer outra pessoa. É somente pra você!
Vejo tantas pessoas caminhando com Cristo mas se sentindo frustradas. Desejam, admiram, mas não correspondem ou correspondem de maneira equivocada. Podemos estar cheios de atividades na igreja ou fora dela em favor do evangelho e ainda assim não estarmos vivendo o propósito determinado para nossas vidas.
Muitos são os planos no coração do homem, mas o que prevalece é o propósito do Senhor.
Provérbios 19:21
O desejo do Pai é que não apenas experimentemos a sua boa, nem tão somente agradável vontade mas também a perfeita. 
Ter bons planos, excelentes intenções e ótimos projetos em prol do Reino não exatamente nos coloca no centro da vontade de Deus cumprindo seu propósito. Nem tudo que é bom é o correto.
Estar no lugar certo, na hora certa e fazendo a coisa certa é o maior desafio para nós cristãos. E para esta descoberta precisamos nos dispor a compreender e viver esta aventura que nos completa e nos traz uma satisfação plena. 
Triste é passar a vida em busca do que se pode perder, roubar, envelhecer, corroer. Triste é não saber a razão da própria existência, de onde se veio e para onde se vai. Mas aquele que busca os tesouros do céu e anseia por seguir as pegadas de Jesus, prossegue para um alvo determinado, combate o bom combate e completa a carreira, guardando a fé. 
Nossos dias foram escritos antes mesmo da nossa formação total. Deus começa a sua obra pelo fim. Quando Ele inicia o trabalho, na verdade o trabalho já está finalizado. Somente nós vamos poder impedir que ele se realize.
Lembrai-vos das coisas passadas desde a antiguidade; que eu sou Deus, e não há outro Deus, não há outro semelhante a mim.
Que anuncio o FIM desde o PRINCÍPIO, e desde a antiguidade as coisas que ainda não sucederam; que digo: O meu conselho será firme, e farei toda a minha vontade.
Isaías 46:9-10
Confie no que Deus tem pra você, busque incansavelmente o seu querer. Nossos planos podem falhar mas os propósitos do Senhor jamais! Nós avistamos o início, quem sabe parte do meio, mas o fim apenas o criador de todas as coisas é capaz de avistar.
Neste ano escolha ter: UMA VIDA COM PROPÓSITO!

Day

30 de mai de 2013

Adoração é estilo de vida pra quem muito é perdoado.


Eu estava meditando naquela passagem de Lucas 7:36, um texto já tão conhecido onde uma mulher discriminada pela sociedade resolve não dar atenção para aquela realidade em sua vida e se aproxima de Jesus, que se fazia presente num jantar na casa de fariseus. Ela lava os pés Dele com suas lágrimas, enxuga-os com os seus cabelos, beija-os e unge-os com perfume. 
Aquela atitude dela não causou tanto espanto para os fariseus, que convidaram Jesus para aquele jantar, quanto à atitude do próprio Jesus em deixar aquela mulher tocá-lo. 
E desse acontecimento o Senhor nos deixa uma lição maravilhosa sobre a verdadeira adoração. E eu entendo queridos, que a adoração genuína parte de uma compreensão, sendo esta de que as misericórdias do Senhor são a causa de não sermos consumidos (Lam.3:22). Quando entendemos que somos pequenos demais e sem valor sem a presença de Jesus, quando reconhecemos que dependemos Dele e que se não fosse sua graça não seríamos quem somos, então adoração à Ele passa a ter um outro valor. 
O valor da atitude daquela mulher estava no perdão de Cristo sobre sua vida e Ele chama a atenção dos fariseus sobre isso ao dizer no verso 47: "Por isso te digo que os seus muitos pecados lhe são perdoados, porque muito amou; mas aqu
ele a quem pouco é perdoado pouco ama."
O que trava o nosso entendimento e nos impede muita vezes de viver à luz da palavra são os conceitos que a sociedade prega. Aquele que tem poder deseja que as pessoas se sintam distantes dele; intocável, isso o faz se sentir mais poderoso. Ser acessível é desvalorizar sua posição, sua imagem porque não tem preço pago por aquilo. Jesus nos mostra o contrário, Ele é totalmente acessível, ama  incondicionalmente e nos dá sempre uma nova chance de refazer o que se quebrou porque já pagou o preço para termos livre acesso a Ele. Enquanto medirmos ou esperarmos que o Senhor aja como nós agimos ou pensamos, estaremos atrofiando nossas experiências com Ele. Nosso Deus de multiforme sabedoria traça linhas contrárias às nossas, e age de maneira que sempre nos causa surpresas fazendo-nos amá-lo cada dia mais.
Sejamos adoradores genuínos, esteja onde estivermos... Muito mais que canção, adorar é render a Ele nossa gratidão a cada instante da nossa vida. 

Adoração é estilo de vida pra quem muito é perdoado.

 Dayana Trindade

28 de mai de 2013

Dayana Trindade - Ministração Congresso de Mulheres

Ministração no Congresso de Mulheres da IENJ , em Joinville-SC, no dia 18/05/2013. Clique abaixo para ouvir!



Vai tudo bem?


A bíblia fala de uma mulher que eu considero uma grande mulher. Uma sunamita rica, casada, sem filhos. Certo dia esta mulher de Suném ofereceu uma refeição ao profeta Eliseu e desde que percebeu que era um homem de Deus. Não apenas oferecia refeições como também lhe preparou um quartinho para repousar sempre que por ali passasse. O profeta com a intenção de retribuir, perguntou a ela: O que podemos fazer por você? Mas ela estava feliz com sua vida, com o que tinha e nada pediu. 
Mesmo assim, Eliseu não ficou satisfeito e ao saber através de Geazi seu servo que aquela mulher não tinha filhos, profetizou e determinou que um filho lhe nascesse. Ora, seu marido já era velho e ela, de primeiro momento, não achou possibilidade alguma de isso acontecer. Mas passado um tempo, ela engravidou.
Certa vez, o menino já grande foi se encontrar com o pai nos ceifeiros e de repente sentiu dores na cabeça e começou a gritar. Levaram ele para sua mãe, até que mais tarde veio a falecer. A partir daí eu peço a sua atenção.
Com o filho morto nos braços ela não entra ­em desespero, não sai gritando e questionando Deus, mas sobe ao quarto do profeta que não se encontrava ali, coloca-o na cama dele e sai a procura de Eliseu. Ela não parou em momento algum no caminho, mas seguiu até chegar ao destino. Ao avistar o profeta, Geazi vem ao seu encontro e, instruído por Eliseu, lhe pergunta se está tudo com ela, com sua família, com seu filho. Imagine o que você de imediato responderia.
Certamente com um filho morto nada poderia estar bem. Mas para nossa surpresa ela diz: 
ESTÁ TUDO BEM! 
Uau! Que equilíbrio, que fé queridos. Chegando perto do homem de Deus, ela se lança em seus pés e o texto então relata que o profeta vai até sua casa, sobe ao quarto e ressuscita o garoto. Eu não sei o que me surpreende mais nesta história, se é o milagre ou a maneira como ela age diante do problema. Na verdade acredito que seu posicionamento diante da situação esta ligado à vitória obtida.
 Quantas vezes somos provados diante de problemas, quando deveríamos mostrar uma postura de fé, de coragem, acabamos cedendo à ansiedade, à preocupação e por instantes parecemos esquecer o tamanho do nosso Deus e a grandeza do seu poder. Ele tem o limite de todas as coisas em suas mãos, ele criou tudo que existe e a bíblia diz que até a chave do inferno e da morte com ele estão. O que poderia impedir o seu agir?
Mas eu creio que Deus espera também ser surpreendido por nós e por nossa confiança em sua provisão, em seu livramento. Sua resposta faz toda a diferença nesse processo de gerar o milagre. Vivemos experiências e experiências, ouvimos falar e falamos sobre o impossível do Senhor, sobre a mensagem da cruz e tantas maravilhas que o nosso Mestre fez, porém, quando nos deparamos com um novo desafio nos sentimos como os discípulos em plena tempestade, desesperados mesmo com Jesus descansando na proa do barco. Se alguém pergunta como estamos, direta ou indiretamente dizemos: "Vai indo!" Com um ar de soldado cansado e desiludido, suspiramos como quem pensa: "Poderia estar melhor!" 
A resposta da sunamita me motiva. A forma que ela sai em busca da vitória me encoraja. Seu filho morto - o filho que ela não pediu, mas que Deus deu - e ela ainda responde: Está tudo bem. Deixou o menino em casa como se ele estivesse apenas dormindo. Ainda que com o coração apertado, afinal, é o coração de uma mãe, mas ela não faz alarde, ela não deixa seu marido doido, também não sai criticando a profecia de Eliseu, cobrando, requerendo alguma coisa, mas ela foi pedir ajuda pra pessoa certa. Determinada, sem olhar para os lados seguiu o seu trajeto. Às vezes corremos para as pessoas erradas, para os meios que não irão resolver absolutamente nada, no máximo quem sabe massagear nossa aflição. Queridos, corramos para a fonte de forças, corramos para os pés do Senhor, aquele que faz abundantemente além do que pedimos e pensamos.
Esta mulher recebeu além, pois quem sabe ainda que sonhado em gerar, sem ser mãe, não chegou a pedir quando teve a oportunidade. O nosso Deus é poderoso, é fiel, é justo, é o único capaz de levantar nossas mãos cansadas, de fortalecer nossos joelhos e de nos trazer paz em meio às guerras. Ele peleja por nós. Tenha pessoas que cubram sua vida em oração, tenha conselheiros, pois na multidão de conselhos há sabedoria. No entanto, tenha sua confiança apenas e inteiramente naquele que é o mesmo ontem, hoje e eternamente. Diga:
"Sim, com Jesus VAI TUDO BEM!"
Seja edificado com esta palavra, em nome de Jesus.

Passagem: 2Reis 4:8 ao 36

Dayana Trindade